Dia do consumidor 2020: Como aumentar as vendas no varejo?

Autor: Casa Magalhães Assunto: Data: 09/03/2020
Tudo o que você, varejista, precisa saber sobre o dia do consumidor

Você está preparado  para o dia do consumidor de 2020?

Conhecido como o “BlackFriday” fora de época, o dia do consumidor é uma excelente oportunidade para você varejista, aumentar as vendas, atrair e fidelizar clientes em seu comércio.

Por isso, para que você não fique de fora e se prepare bem, trouxe informações que vão lhe ajudar a montar uma boa estratégia para não deixar essa grande data do varejo  “passar batida”.

Como surgiu o dia do consumidor?

Todos somos consumidores. Este é o maior grupo econômico da economia, afetando e afetados por quase todas as decisões econômicas públicas e privadas. Mas eles são o único grupo importante na economia que não é efetivamente organizado, cujas visões muitas vezes não são ouvidas.

Inicio esse tópico com um trecho das palavras do ex presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, pois tudo começou em 15 de março de 1962, quando ele dirigiu ao Congresso Americano uma mensagem acerca da proteção do direito do consumidor.

A mensagem do líder americano gerou um grande impacto mundial na época, não é atoa que o Dia Internacional do Consumidor é celebrado em 15 de março. Para garantir a proteção do consumidor, 4 direitos foram apresentados por ele:

Segurança — proteção contra a comercialização de mercadorias que são perigosas para a saúde ou a vida.

Informação — proteção contra informações fraudulentas, enganosas, publicidade, rotulagem ou outras práticas, e para receber os fatos que ele precisa para fazer uma escolha informada.

Liberdade de escolha — garantia, sempre que possível, de acesso a uma variedade de produtos e serviços a preços competitivos.

Direito a ser ouvido — para ter certeza de que os interesses do consumidor receberão consideração plena e compreensiva na formulação da política do Governo, e tratamento justo e rápido em seus tribunais administrativos.

Como consumidor, você percebe ter acesso a esses direitos? E como fornecedor os, garante aos seus clientes?

Por que o dia do consumidor é importante para o varejo?

Além do fato de que o consumidor é o público-alvo do varejista, vou responder essa pergunta através de dados extraídos da pesquisa feita com 1.000 pessoas pelo Opnion Box para o dia do consumidor em 2020:

A data já é conhecida por 64,1% dos entrevistados e mais da metade já aproveitou para fazer suas compras nos anos anteriores nela. Sem contar os 54,30% que estão interessados em aproveitá-la.

Para 36,30% dos entrevistados o preço é o principal influenciador para fazer compras nessa data., seguido pelas promoções e o valor do frete.

E em 2020, quais categorias pretendem comprar? Veja:

Infográfico - Dia do consumidor 2020 - intenções de compras

Ok, mas o que fazer com todas essas informações? Esse é um assunto para o próximo tópico, confira!

Como vender mais na semana do consumidor no varejo?

Para aproveitar bem as vantagens que o período oferece, a data é estendida durante a semana do dia 15, alguns varejistas deixam as promoções ativas ao longo do mês. Bom, isso fica ao seu critério, o que importa é que você se organize bem para aproveitá-la o máximo possível.

Continue lendo e veja as dicas que trouxe para você vender mais na semana do consumidor!

1° Escute seu cliente

Quem não sabe escutar, não sabe falar. Heráclito


Em sua origem, a palavra escutar significa “ouvir com atenção”, em sua loja, o seu cliente é realmente escutado?

Essa é uma pergunta simples de ser respondida, veja se seus consumidores estão satisfeitos com os serviços ofertados, caso não, é hora de partir para uma reavaliação.

Se eu lhe pedisse traçar um agora um perfil do seu cliente, você conseguiria? Vamos lá, vou fazer algumas perguntas que vão te ajudar nessa reflexão a cerca de quem de fato ele é:

  • Quais produtos mais compra em sua loja?

  • Ele encontra os produtos que procura em seu comércio?

  • Qual a forma de pagamento mais utilizada?

  • O que ele acha do seu atendimento?

  • Por qual motivo ele compra em seu varejo?

  • Com que frequência ele vai a sua loja?

  • Ele se sente bem atendido?

  • Prefere preço ou conforto?

  • Sente confiança na loja?

  • O que faria ele escolher o concorrente ao invés de você?

  • Que promoções ele espera que você faça?

Ao terminar sua pesquisa, talvez você perceba que tudo o que o consumidor quer é um bom dia do caixa, por exemplo. Nem sempre uma loja é escolhida pelo preço ou promoções ofertadas, o bom atendimento pode ser a virada de chave que você precisa para vencer de uma vez a concorrência.


2° Prepare-se com antecedência

Outro ponto interessante que vale ser observado é que 31,30% dos entrevistados começaram as pesquisas com pelo menos 15 dias de antecedência. Ou seja, não deixe para se planejar de última hora, ou para divulgar as ofertas apenas no dia 15, antecipe-se.

Leia também: O que é e como aplicar o Visual Merchandising no PDV?

3° Instrua seus funcionários e invista no atendimento

Você voltaria a um local que foi mal atendido? Ou até mesmo que foi mal avaliado por pessoas próximas a você?

Provavelmente, assim como eu, não passaria nem na calçada dessa empresa.

Períodos como a semana do consumidor, são conhecidos como sazonais, ou seja, o fluxo de clientes aumenta. Por isso, para não sobrecarregar seus funcionários, revise o quadro atual e veja se o suficiente  para suprir a demanda.

Em seguida, alinhe com eles as ações que serão feitas e deixe claro as expectativas  da empresa em relação a esse período.

Pondere os erros que são cometidos e busque uma forma de corrigi-los, seja através de treinamentos ou através de uma conversa com a equipe.

Um funcionário bem preparado e que se sinta parte da empresa, tem grandes chances de oferecer ao cliente os melhores serviços.

4° Faça promoções reais e adquira a confiança do cliente

No “BlackFriday”, já virou um costume do consumidor pesquisar o preço de um determinado produto com antecedência, em vista de fazer uma comparação de preços na data do evento. É uma forma de verificar se o fornecedor está sendo leal com a oferta oferecida.

Vale ressaltar que o preço é o principal fator de compra para 35,50% das pessoas, seguido pela confiança do cliente na loja que é responsável por 30,70%.

Por isso, aqui vai meu recado, atraia e fidelize os consumidores com promoções reais, pois, além de trazê-los de volta em outras oportunidades, ajuda na divulgação boca a boca da sua empresa. É como diz o ditado, um cliente

5° Invista em divulgação

Do que adianta preparar sua festa de aniversário e não chamar ninguém? Sem divulgação ninguém vai saber, assim você só terá prejuízo.

Além das divulgações tradicionais que podem ser feitas dentro do seu comércio, investir no online é uma ótima opção, pois alcançará possíveis novos clientes.

Conte com a ajuda das redes sociais para aumentar as vendas no dia do consumidor, se usadas corretamente, são excelentes meios de atração e relacionamento com os internautas.

Leia também: Confira 5 estratégias para aumentar as vendas em seu varejo

6° Confira seu estoque para evitar a temida ruptura

Chegar em uma loja e não encontrar o produto que procura é frustrante para qualquer pessoa, para o varejista pode significar a perda de um cliente.

Por isso, antes de anunciar qualquer oferta, una sua equipe, faça uma força tarefa para:

1°  Conhecer seu consumidor, ou seja, entender sua intenção de compra

2° Compreender as causas da ruptura de estoque na sua loja

3° Ao identificar o problema, elabore ações para corrigi-lo

4° Verificar se tem o suficiente para atender a demanda, começando pelos produtos de alto giro

5° Confira se os produtos que entraram estão devidamente abastecidos na área de vendas

Fez o processo acima e identificou mercadoria encalhada?

A queima de estoque é uma excelente alternativa para se desfazer desses produtos.

Ebook Ações promocionais no PDV


7° Facilite a forma de pagamento

O cartão de crédito é a forma de pagamento preferida para 57,50% dos entrevistados. Poder parcelar as compras é visto como um grande benefício pelos consumidores, já que 77,4% pretendem realizá-lo.

Caso você perceba que o cartão de crédito é uma opção inviável para a sua loja, busque outras opções, seja aceitando o cartão de débito, ou fazendo promoções que possam atrair a clientela. Nesse caso, um programa de fidelidade seria um boa alternativa.

Afinal, quais são os direitos do consumidor?

Aqui no Brasil o dia do consumidor foi instituído em 8 de julho de 2002, a lei fala que os órgãos federais, estaduais e municipais devem promover uma série de eventos em vista de difundir esses direitos.

Segundo o Código de Defesa do consumidor, Lei n° 8.078/90, os direitos do consumidor são:

  1. Proteção da vida, saúde e segurança
  2. Educação e divulgação para o consumo
  3. Liberdade de escolha de produtos e serviços
  4. Informações adequadas e claras sobre produtos e serviços
  5. Proteção contra a publicidade enganosa e abusiva
  6. Proteção contratual
  7. Prevenção ou reparação de danos patrimoniais e morais — Indenização
  8. Acesso à justiça
  9. Facilitação da defesa dos seus direitos
  10. Qualidade na prestação dos serviços públicos

Sua empresa está se preparando para o dia do consumidor? Compartilha com  gente! E não deixe de  assinar nossa Newsletter e continuar bem informado sobre o mercado varejista!


 


Compartilhe:

Outros Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.