Guia para prevenção de perdas e furtos em supermercados. - Blog da Casa Magalhães

Guia completo para prevenção de perdas e furtos em supermercados.

Autor: Casa Magalhães Assunto: Data: 12/02/2018
Guia completo para prevenção de perdas e furtos em supermercados.

O Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo & Mercado de Consumo (IBEVAR) apontou que o comércio varejista sofre perdas anuais em torno de 2% de sua receita. Elas acontecem, principalmente, quando um produto não é pago, seja por validade vencida, violação de embalagem, quebras, perdas e furtos em supermercados ou desvio de mercadoria no estoque, entre outras causas.

O problema não se restringe às grandes cadeias de supermercados, as pequenas empresas também sofrem com as perdas e precisam se resguardar da mesma maneira. Medidas de prevenção e redução dos índices de prejuízos no varejo beneficiam a todos, incluindo o próprio consumidor. Uma vez que, se o varejista garante boas margens de lucro, os preços dos produtos tendem a se estabilizar.

Neste artigo,  mostraremos ações que vão lhe ajudar a prevenir perdas e furtos em supermercados. Boa leitura!

1. Identificar as perdas e furtos em supermercados.

Há várias ocorrências frequentes no dia a dia de um comércio varejista que levam a prejuízos. Isso depende do ramo e da dimensão do negócio, mas algumas situações são comuns. Veja alguns exemplos de como as perdas e furtos acontecem!

Furtos de mercadorias dentro da loja

Pessoas escondem produtos sob a roupa, em bolsas, mochilas ou guarda-chuvas e saem sem passar pelo caixa. Os produtos mais visados costumam ser os mais caros.

Furtos e desvios por funcionários

O balconista do açougue registra a carne mais cara como se fosse inferior, para favorecer um amigo ou familiar; o operador de caixa deixa passar produtos sem registrar a compra; o encarregado do inventário desvia mercadorias do estoque.

Consumo dentro do supermercado

Clientes violam embalagens e consomem produtos alimentícios dentro da loja, sem passar pelo caixa.

Troca de etiquetas ou de embalagens

A etiqueta com preço maior é arrancada e substituída por outra com preço inferior. O produto mais caro é retirado de sua embalagem original e guardado em outra, etiquetada com preço mais baixo.

Perda de produtos por quebras, danos e prazo de validade vencido

O manuseio frequente de produtos nas prateleiras provoca danos nas embalagens, como quedas e perdas. Os produtos perecíveis, principalmente hortifrutigranjeiros, perdem a qualidade e a validade e precisam ser descartados.

Falhas de administração

Precificação inadequada, falta de organização, erros em registros, processos manuais ultrapassados e controle de estoque ineficiente são algumas das falhas administrativas que contribuem para o aumento das perdas.

2. Implemente soluções de segurança.

É importantíssimo adotar estratégias preventivas para evitar que os prejuízos aumentem com o tempo. Como diz o velho ditado, é melhor prevenir do que remediar.

A tecnologia oferece soluções sob medida para o varejo, como aplicativos de gestão, os circuitos fechados de televisão para monitoramento do ambiente, sistemas de vigilância eletrônica de mercadorias (etiquetas eletrônicas que disparam alarmes na saída da loja) e outras.

Por essa razão, invista em equipamentos de boa qualidade, como câmeras com imagens de alta resolução, para facilitar a identificação de infratores. As câmeras devem ser grandes o bastante para serem percebidas e, assim, inibir as ações. Avisos espalhados pelo estabelecimento, advertindo sobre a presença das câmeras, também são eficazes para desencorajar furtos em supermercados.

Os cantos do ambiente que ficam fora do alcance das câmeras devem receber espelhos estrategicamente posicionados para facilitar a vigilância. Caixas acrílicas e prateleiras com portas transparentes para trancar produtos mais visados, como as bebidas mais caras, também são soluções que podem ser adotadas.

3. Invista em eficiência na gestão do estoque.

Manter o nível ideal de mercadorias em estoque é fundamental para evitar perdas. Se faltarem produtos de maior rotatividade nas prateleiras do supermercado, o empresário perde vendas. Da mesma forma, produtos encalhados no almoxarifado também geram prejuízos com a deterioração e os custos do armazenamento.

A falta de gestão eficiente no controle do estoque leva a perdas por desvio de produtos. Para evitar isso, é importante manter um monitoramento eficiente de entrada e saída de mercadorias. Rever processos manuais e investir em um bom software para controle de inventário é uma medida eficiente para reduzir os prejuízos.

Nunca negligencie a segurança do almoxarifado, pois é lá que está “estocada” grande parte dos recursos da empresa. Proteja o seu patrimônio, investindo em um sistema eficiente de vigilância e monitoramento no ambiente. A entrada e saída de pessoas no local também precisa ser rigorosamente controlada.

É fundamental manter as instalações físicas sempre organizadas e higienizadas, para minimizar a deterioração de produtos.

Guia Completo de Inventário para Varejo

4. Ofereça treinamento para a equipe.

Ainda no momento de contratação é importante informar aos colaboradores sobre as normas da empresa, alertando-os sobre as consequências que atos ilícitos podem trazer para seu futuro profissional e pessoal. Demonstrar firmeza em sua posição contra os furtos em supermercados ou desvios será determinante para inibir as más intenções.

É importante, também, oferecer treinamento sobre como agir e como reconhecer atitudes suspeitas para evitar os furtos em supermercados. Abaixo, listamos algumas dicas que servem tanto para o empregador quanto para o empregado. Preste atenção em pessoas que:

  • Parecem nervosas e evitam contato visual;
  • Ficam caminhando pelo supermercado sem colocar nenhum produto no cesto ou carrinho;
  • Saem da loja e voltam pouco depois;
  • Param em pontos do estabelecimento onde não podem ser vistas com facilidade;
  • Observam os funcionários e o ambiente à sua volta.

Algumas atitudes que podem desencorajar furtos em supermercados:

  • Tente reconhecer e manter uma relação cordial com os clientes mais frequentes;
  • Cultive o hábito de fazer contato visual e cumprimentar as pessoas que entram na loja;
  • Seja educado com todos os clientes, pergunte se precisam de ajuda;
  • Se uma pessoa parece suspeita, olhe nos olhos dela de modo amigável, mas firme;
  • Identifique e elimine os pontos vulneráveis da loja, onde furtos seriam mais prováveis;
  • Mantenha o ambiente limpo e organizado para facilitar a vigilância.

Também é importante lembrar:

  • Não cause constrangimento acusando alguém em público sem ter certeza;
  • Não toque nem tente revistar ninguém à força;
  • Não tranque a porta para bloquear a fuga de um suspeito. A pessoa que se sente acuada pode entrar em pânico e se tornar violenta. Mantenha uma distância segura;
  • Discretamente, ofereça à pessoa a chance de pagar ou de devolver o produto à prateleira;
  • Alguns casos podem levar a violência. Dependendo da situação e caso se sinta ameaçado, acione o alarme para chamar a polícia.

Como você pôde ver, várias medidas podem ser tomadas para evitar perdas e furtos em supermercados. Para isso, é preciso investir em sistemas de segurança, no aprimoramento de processos e no treinamento de pessoas. Esperamos que a leitura de nosso artigo tenha sido útil para você.

Quer continuar acompanhando os posts aqui do blog? Então, aproveite e assine nossa Newsletter agora mesmo e fique por dentro das novidades! Basta fazer o seu cadastro aqui embaixo!


Compartilhe:

Outros Artigos Relacionados

Comentários

Uma resposta para “Guia completo para prevenção de perdas e furtos em supermercados.”

  1. Gostaria de receber livros de prevencao de perdas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.