Black Friday: saiba como se preparar e criar promoções matadoras!

Autor: Casa Magalhães Assunto: Data: 18 de outubro de 2017
Black Friday: saiba como se preparar e criar promoções matadoras!

Atenção, varejistas: uma das datas mais esperadas pelos consumidores está se aproximado! Você já se preparou para oferecer promoções vantajosas a seus clientes? Não, não estamos falando do Natal, mas sim da Black Friday!

Se você está procurando dicas sobre como se programar e tirar o melhor proveito dessa data, que tem se tornado cada vez tradicional no calendário do comércio brasileiro, continue lendo este artigo e aproveite as dicas que vamos passar!

O que é e de onde veio a Black Friday?

A Black Friday é uma data comercial que acontece anualmente quando as lojas promovem uma megaliquidação de queima de estoque, com descontos que podem chegar em até 70% do valor dos produtos.

O tão aguardado dia, onde são oferecidas ofertas imperdíveis, começou nos Estados Unidos e, com o avanço das vendas online, ganhou popularidade internacional. Em seu país de origem, a Black Friday acontece na última sexta-feira do mês de novembro, no dia posterior ao tradicional feriado de Ação de Graças.

Aqui no Brasil, a ação aconteceu pela primeira vez 2010, trazida por uma empresa especialista em descontos e ofertas, e tem ganhado cada vez mais destaque nos últimos anos.

Como oferecer promoções vantajosas na Black Friday?

Promoção vantajosa é aquela em que tanto o consumidor quanto o vendedor saem ganhando.

Uma das grandes críticas à Black Friday no Brasil é que os comerciantes não oferecem descontos reais, mas aumentam o preço da mercadoria, dias antes, para abater o valor na data da megapromoção.

Não faça isso!

A prática é muito prejudicial, pois tira a credibilidade da ação e prejudica a imagem da sua empresa. Antes de oferecer promoções na Black Friday, é preciso levar em consideração alguns fatores:

1. Saiba quais são seus custos e despesas

Ter conhecimento sobre os gastos da sua empresa é muito importante. Afinal, não adianta nada adotar uma estratégia de preços baixos, aumentando o volume de vendas, se o resultado for prejuízo mesmo assim, não é verdade?

Quando falamos em custos, é preciso considerar os gastos que são próprios das atividades desenvolvidas, como despesas de manutenção e pagamentos de fornecedores e funcionários.

Existem duas modalidades de custos: os fixos, que acontecem todo mês (água, luz, telefone), e os variáveis (comissões, matéria-prima). A diferença entre eles é que os variáveis, como o próprio nome sugere, podem mudam em razão das vendas.

2. Tenha estoque

A ideia da Black Friday é alcançar um grande número de vendas devido ao preço mais baixo, certo?

Então, é indispensável você conferir seu estoque pelo menos um mês antes da promoção.

Uma das situações mais prejudiciais a uma empresa, principalmente se for e-commerce, é oferecer uma mercadoria e não ser capaz de entregá-la dentro do prazo combinado. Para evitar problemas desse tipo, você deve fazer um levantamento preciso e identificar os produtos que já estão em liquidação ou que saíram de linha.

Compare também quais são os itens que saem mais e menos. Você pode oferecer um desconto maior para os que não têm tanta procura, enquanto que para os que já são vendidos facilmente essa porcentagem deve ser mais baixa.

3. Ofereça descontos verdadeiros

A Black Friday é famosa por oferecer descontos agressivos nas mercadorias, e é justamente por isso que se tornou um grande sucesso.

Não aumente os preços alguns dias antes para simular uma queda na Black Friday, pois certamente os consumidores vão perceber e isso prejudicará a sua empresa.

Uma dica relevante é solicitar o selo “Black Friday Legal”, que mostra empresas que praticam descontos de verdade!

4. Negocie com seus fornecedores

Para vender mais barato, é preciso comprar mais barato.

Estabeleça parcerias e negocie preços melhores com seus fornecedores para essa época do ano. Dessa forma, é possível oferecer um preço menor sem reduzir a margem de lucro.

5.Invista na divulgação

Se a propaganda já é a “alma do negócio” durante todo o ano,  ela se torna mais ainda no período próximo à Black Friday.

A divulgação correta e bem-feita vai alavancar as vendas, criar expectativa no cliente e ajudar as pessoas a se prepararem financeiramente para o evento.

Comece a sua divulgação com pelo menos 30 dias de antecedência para que as pessoas possam se engajar e compartilhar as promoções que chegarem até elas.

6. Tenha atenção especial com o atendimento

Ofereça um auxílio diferenciado, com atenção redobrada durante o evento.

Diversificar os canais usados também é uma ação legal. Para isso, você pode oferecer atendimento via redes sociais, WhatsApp e telefone.

Como um sistema de gestão de vendas pode ajudar?

A tecnologia é grande aliada no gerenciamento de sua empresa.

Uma ferramenta de sistema de vendas que ofereça ao lojista a possibilidade de uma gestão fácil, interativa e acessível durante todo o ano e, principalmente, na Black Friday, é uma boa aposta.

Por meio de um sistema de gestão de vendas, é possível monitorar e controlar o estabelecimento por meio de computadores, smartphones, tablets e notebooks. As informações ficam na nuvem e a gestão pode ser feita em tempo real.

Um sistema de gestão permite vantagens como:

  • consulta de estoque por produto;
  • classificação mercadológica;
  • entrada de nota XML;
  • consulta de produto por preço, custo, histórico de compra e estoque;
  • monitoramento da produtividade;
  • acompanhamento de vendas via dispositivos móveis;
  • transferência de mercadorias;
  • baixa de estoque em múltiplos locais;
  • controle de produção e rendimento de produtos;
  • geração de arquivos fiscais nos layouts;
  • validação fiscal dos produtos cadastrados;
  • conciliação dos recebimentos dos PDVs;
  • controle de limites de crédito;
  • gestão das contas caixa e bancárias;
  • conciliação automática do cartão de crédito;
  • balancete financeiro.

São inúmeras as vantagens de se utilizar um sistema de gestão de vendas, que vai ser de grande ajuda para a sua empresa antes, durante e depois da Black Friday.

Independentemente do porte ou da área de atuação da empresa, o importante é oferecer promoções vantajosas, com produtos que tenham desconto reais, entrega garantida e qualidade. Se a sua empresa estiver preparada, com certeza essa data será um grande sucesso.

Gostou do nosso artigo? Saiba mais sobre o assunto descobrindo porque o varejo quer mudar a data da Black Friday e aproveite para assinar a nossa newsletter preenchendo o formulário abaixo!


Compartilhe:

Outros Artigos Relacionados

Comentários