Gestão de bares: como usar a tecnologia para fugir da crise - Blog da Casa Magalhães

Gestão de bares: como usar a tecnologia para fugir da crise

Autor: Casa Magalhães Assunto: Data: 12/01/2017
como usar tecnologia na gestão de bares

Sabemos que a gestão de bares apresenta algumas dificuldades em sua rotina. Desde o controle financeiro, diante das imprevisibilidades de receita, ou a gestão de compras, para que o estoque seja dimensionado corretamente, até a construção de uma experiência que seja diferenciada da concorrência.

E, em momentos mais críticos da economia, essas dificuldades são ainda potencializadas pela necessidade de se reduzir os custos e ganhar em produtividade. Diante disso, há uma ferramenta que pode ser a grande aliada em busca dos resultados desejados: a tecnologia.

E aí, você ainda tem dúvidas sobre como usar a tecnologia na gestão de bares? Então continue lendo este post e descubra como a tecnologia pode ser usada para fugir da crise!

A atuação da gestão manual em bares

Na hora de cuidar da gestão de pessoas, de finanças e de atendimento, a forma mais comum de realizar essa administração ainda é por meio da gestão manual. A maioria dos donos e gestores de bares utiliza planilhas individuais, que são atualizadas de maneira manual, como ao informar as entradas e saídas financeiras do negócio.

Por um lado, essa é uma opção considerada conveniente porque exige um investimento muito baixo. Por outro, as suas desvantagens se sobrepõem a qualquer economia inicial que possa ser feita. Em primeiro lugar, uma gestão desse tipo é menos confiável.

Por ser dependente da atualização manual por parte dos funcionários, as chances de erros ou falhas são maiores. Com isso, um fluxo de caixa pode não representar a situação real do bar, assim como o inventário do estoque pode não estar atualizado.

Outro ponto é que, assim, é necessário contar com pessoas especializada para cada profissional. De quebra, qualquer tomada de decisão é mais demorada, já que a análise de dados fica comprometida.

Como resultado, a gestão de bares sai mais cara — o que, na crise, pode colocar em risco a continuidade do negócio.

Gestão de bares por sistemas automatizados

Em contraponto à gestão manual, há o uso de sistemas automatizados. Basicamente, esses sistemas fazem a captura e a análise automática de dados, e permitem a integração entre diferentes setores do negócio.

Com esse sistema é possível, por exemplo, unir os dados do inventário do estoque e das vendas realizadas no bar. Assim, evita-se o desabastecimento e é possível conseguir uma gestão de compras mais adequada.

Isso traz agilidade e dinamismo para a gestão, que consegue se preparar para imprevistos. E, como na crise a situação é bastante volátil, essa atuação é capaz de oferecer mais segurança para o negócio.

Embora exija um investimento inicial um pouco maior, esse sistema oferece ainda benefícios em longo prazo. Logo, nesses momentos em que os concorrentes freiam os investimentos, há uma boa oportunidade para se destacar no mercado.

O uso de tecnologia como forma de fugir da crise

Como vimos, o uso de sistemas automatizados, por si só, já é uma forma de utilizar a tecnologia na gestão de bares para fugir da crise. Porém, essa não é a única opção disponível. Entre as formas de utilizar a tecnologia para encarar as dificuldades da economia, estão:

Atendimento automatizado

Para otimizar a produtividade da equipe, dá para investir em soluções que gerem um atendimento automatizado. Ao oferecer a possibilidade de reserva online, por exemplo, se diminui o tempo de ocupação dos funcionários com essa tarefa, e ainda se aumenta a conveniência para o cliente.

Dentro do negócio, o uso de um sistema específico ainda ajuda a dinamizar o atendimento, diminuindo o tempo de espera e aumentando a satisfação dos clientes. E isso faz com que mais consumidores retornem ao bar, gerando fidelização e diminuição do custo de aquisição de clientes.

Aplicativos de entrega

Para bares que fazem entregas, utilizar um aplicativo específico pode fazer toda a diferença. Novamente, isso diminui o tempo que funcionários passariam ocupados anotando e repassando pedidos, de modo a oferecer mais produtividade.

Além disso, com aplicativos desse tipo o cliente pode fazer o acompanhamento do seu pedido e recebê-lo em segurança, no conforto de casa. Ainda, é algo que conta pontos a favor do negócio ao permitir a entrega de uma experiência satisfatória, consistente e potencialmente fidelizadora.

Marketing digital

Durante a crise, uma das dificuldades dos bares é atrair novos clientes. Afinal, como as pessoas tendem a gastar menos, é preciso se posicionar como uma opção acessível e que tenha valor agregado para chamar as pessoas.

Nesse sentido, o marketing é uma poderosa ferramenta, já que fortalece a marca e gera interesse e alcance. Contudo, ações tradicionais podem custar caro e, em um momento de contenção de despesas, acabam se tornando inviáveis

Sendo esse o caso, a tecnologia ajuda ao oferecer a possibilidade do marketing digital. Com uma estratégia adequada, é possível ter campanhas de sucesso que ajudam a manter o movimento no bar sem aumentar muito os gastos.

Softwares de relacionamento

Além de conquistar novos clientes, manter os atuais e fazer com que eles retornem é fundamental para o sucesso do bar. E, para isso ser possível, ter um relacionamento mais intenso ajuda o negócio a se tornar a opção preferencial de quem decide comer e beber fora de casa.

Portanto, os softwares de relacionamento são mais uma opção que a tecnologia oferece para uma gestão de bares de qualidade. Assim, por meio do armazenamento de dados relevantes do cliente, é possível garantir a oferta de um atendimento personalizado e mais assertivo.

Aplicativos de transações eletrônicas

Contar com um aplicativo de transação eletrônica é benéfico por dois motivos. O primeiro é que ele permite que você ofereça diversas opções de pagamento com segurança, e o segundo é que a garantia de um melhor controle das finanças do negócio.

Com isso, fica mais fácil atrair clientes, já que eles sabem que podem pagar de uma maneira conveniente. Ao mesmo tempo, isso não prejudica a gestão do bar que, feita com um sistema automatizado, fica centralizada e integrada.

Enfim, a tecnologia pode ser usada na gestão de bares para fugir da crise indo desde o uso de sistemas automatizados até o uso de soluções que vão do atendimento ao pagamento. Com uma estrutura automatizada, há mais confiança nos dados, melhor tomada de decisão e mais robustez para enfrentar os grandes desafios impostos pela crise.

E aí, gostou do post? Quer entender como tudo isso funciona na prática? Então, aproveite para conhecer o case de sucesso do Terra do Sol e saiba como eles conseguiram melhorar o desempenho com a tecnologia!

E se você quiser continuar acompanhando os posts aqui do blog, aproveite e assine nossa newsletter agora mesmo e fique por dentro das novidades! Basta fazer o seu cadastro aqui embaixo!


Compartilhe:

Outros Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.