Como montar um food truck: 8 dicas essenciais! - Blog da Casa Magalhães Como montar um food truck: 8 dicas essenciais!

Como montar um food truck: 8 dicas essenciais!

Autor: Casa Magalhães Assunto: Data: 24/01/2017
dicas para montar um food truck

A febre dos restaurantes sobre rodas já invadiu diversas regiões brasileiras e conquista a cada dia mais adeptos. Montar um food truck pode ser uma grande oportunidade de investimento e lucratividade, tanto para quem deseja expandir seu restaurante, como para aqueles que querem abrir o primeiro negócio no setor.

Dados do Sebrae mostram que cerca de 2% da população brasileira trabalha vendendo comida na rua. O cenário pode ser atraente, mas montar um food truck não é um negócio para amadores, pois é preciso muito planejamento e estudo para garantir o sucesso.

Pensando nisso, preparamos este post com as melhores dicas para você se destacar e começar a ganhar frutos neste mercado. Acompanhe!

Por que montar um food truck?

O modelo de restaurante móvel pode oferecer vantagens como a fácil mobilidade e o custo mais baixo de operação. De acordo com o Sebrae, o investimento inicial de um food truck varia, em média, de R$ 50 mil a R$ 200 mil. O valor depende muito dos equipamentos selecionados, do modelo do truck e da tecnologia necessária para que o empreendimento funcione com eficácia e atenda bem os clientes.

A seguir, veja 8 dicas infalíveis para montar um food truck de sucesso!

1. Pesquise bem o mercado

Mesmo que você tenha experiência no ramo, é muito importante fazer uma vasta pesquisa sobre o mercado antes de montar um food truck. Leia bastante e tente conversar com pessoas que já atuam no setor – reunindo o máximo de informações possíveis. Conheça os desafios, obstáculos e oportunidades. Essa é a hora de solucionar todas as suas dúvidas!

O conselho que deixamos para quem deseja sentir como é a experiência de gerir um negócio deste tipo, é fazer um teste, alugando durante um final de semana o espaço em um food park, por exemplo. Assim, é possível ter uma boa ideia do funcionamento de um restaurante sobre rodas.

Pesquise, também, o que está sendo feito pela concorrência e mapeie as ideias que podem ser interessantes para o seu negócio. Pense como o seu food truck consegue se diferenciar e oferecer uma proposta única para o cliente. Evite copiar modelos e produtos de outros restaurantes. A tarefa aqui é aprimorar práticas existentes no mercado com o objetivo de inovar sempre.

2. Estude a experiência do cliente

Um dos atrativos que levam uma pessoa a comer em um food truck é a experiência de sentar e comer o alimento em um formato diferenciado. Como o seu negócio poderá oferecer isso aos clientes? Muitos empreendedores têm apostado em comidas artesanais e maneiras customizadas de entrega.

Além de diferenciar o seu produto, estimule criatividade para encontrar um design atrativo para o food truck e montar estratégias de divulgação efetivas.

3. Conheça a legislação local

Nem todos os municípios e estados brasileiros possuem uma legislação que regulariza a atuação dos foods trucks. Na cidade de São Paulo, por exemplo, existe uma lei específica para os trabalhadores do segmento. Portanto, é fundamental conhecer as regras para uso de equipamentos, exigências e termos de permissões antes de decidir abrir um negócio neste ramo.

4. Escolha um cardápio estratégico

Normalmente um food truck oferece pratos sofisticados, mas o cardápio tem menos variedades do que um restaurante tradicional. Procure evitar pratos que exijam preparos muito complexos ou ingredientes que dificultem o processo de produção do alimento. Neste caso, menos pode ser mais.

Lembre-se de que o cardápio vai influenciar diretamente as adaptações necessárias ao veículo e a escolha dos equipamentos. Estude quais combinações de pratos e bebidas podem ser interessantes e diferenciadas para o cliente. Para isso, pense fora da caixinha!

5. Analise a logística

Para montar um food truck de sucesso, não adianta ter um produto incrível e saboroso se o truck não oferece espaço suficiente para armazenar e preparar bem a comida. Estude com precisão as questões logísticas, pois elas podem fazer toda a diferença no sucesso do negócio. Reflita sobre temas como:

  • Tempo de preparo do alimento
  • Espaço e os equipamentos necessários para o armazenamento
  • Número de funcionários
  • Quantidade de cada ingrediente por dia de atuação
  • Condições de higiene para a conservação dos produtos

Tente firmar parcerias com os fornecedores que oferecem os insumos de maior qualidade, bom atendimento e respeitem os prazos estipulados. O preço não é o único fator que deve ser levado em consideração.

6. Avalie os pontos mais interessantes

Um dos grandes diferenciais de um food truck é a possibilidade de deslocamento entre diversos pontos. A pesquisa “Food Truck nas Ruas“, realizada em São Paulo, mostrou que 6% dos empreendedores do ramo entrevistados atuam em pontos fixos, enquanto 54% operam em eventos.

Para conquistar cada vez mais clientes, o restaurante precisa marcar presença em locais que combinem com o tipo do produto vendido. A dica é optar por um espaço que promova uma grande variedade de alimentos como crepes, hot dogs, pratos vegetarianos, massas, doces, hambúrgueres e pizzas.

Aproveite para operar em eventos e feiras gastronômicas segmentadas. Se você tem um truck de comida japonesa, por exemplo, por que não participar de festivais que incentivem a cultura nipônica?

7. Estreite o relacionamento com o cliente

Além de uma boa comida, os clientes valorizam a proximidade com o dono ou operador do food truck na hora do atendimento. É preciso ter atenção para questões como: bom humor, respeito e equilíbrio emocional.

Para fidelizar o consumidor e fazer com que ele indique o seu restaurante aos amigos, a habilidade da comunicação com o público também não pode faltar. As técnicas de atendimento ao cliente devem fazer parte do treinamento das pessoas que vão operar o truck.

8. Ofereça qualidade sempre

É essencial que o empreendedor e seus funcionários zelem pela qualidade dos produtos oferecidos. Vender pratos por um preço mais alto e utilizar insumos de baixa qualidade podem comprometer o sucesso do food truck. Não coloque a imagem da sua marca em risco negociando alimentos diferentes daqueles que estejam descritos no cardápio ou que foram conservados indevidamente.

E então, leitor? O que achou das dicas? Aproveite para assinar nossa newsletter agora mesmo e fique por dentro das novidades! Basta fazer o seu cadastro aqui embaixo!


Compartilhe:

Outros Artigos Relacionados

Comentários

2 respostas para “Como montar um food truck: 8 dicas essenciais!”

  1. PDV PRINT disse:

    Boas dicas! Depois do BOOM de Food Trucks, estamos numa fase em que só quem se diferencia e possui uma boa proposta única de valor sobrevive. Alinhar cardápio, público alvo, comunicação e atendimento é fundamental para proporcionar uma boa experiência para o cliente, e assim o fidelizar! Avaliar entrar na atual alta do mercado de delivery pelos aplicativos é uma boa aposta para restaurantes sobre rodas aumentarem suas vendas. Muito sucesso!

    • Obrigada por agregar valor ao nosso texto com seu comentário! De fato se diferenciar é essencial nesse mercado. Não deixe de conferir os outros textos do nosso BLOG. Sucesso pra você também! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.