Tecnologia para cafeterias: como melhorar o seu atendimento. - Blog da Casa Magalhães Tecnologia para cafeterias: como melhorar o seu atendimento.

Tecnologia para cafeterias: como melhorar o seu atendimento

Autor: Casa Magalhães Assunto: Data: 19/12/2016
melhore sua cafeteria com tecnologia

O café é uma bebida considerada paixão nacional. Não apenas o Brasil é o maior produtor mundial do grão, como também é um grande consumidor. Diante disso, surgiu uma oportunidade de mercado: as cafeterias ou coffee shops. Para ter sucesso neste nicho, entretanto, a gestão precisa ser afiada e alinhada de modo que os clientes fiquem realmente satisfeitos com a experiência no local. Nesse sentido, a tecnologia pode ter um papel fundamental e agir de forma a permitir a obtenção de resultados melhores.

A seguir, veja como melhorar o seu atendimento com a ajuda da tecnologia e potencialize sua gestão de cafeteria.

Como está o mercado de cafeterias no Brasil?

Em 2011, a movimentação do mercado de cafeterias no Brasil era de mais de R$ 850 milhões. O aumento do consumo da bebida e a tendência de gourmetização só ajudaram no desenvolvimento desse setor. Até 2019, a expectativa é que o mercado de cafés especiais triplique no país.

Não é para menos: entre novembro de 2014 e outubro de 2015, o consumo médio do brasileiro de café passou para 81 litros por habitante ao ano. Para 2016, a expectativa é passar de pouco mais de 20 milhões de sacas consumidas em 2015 para um total de 21 milhões.

Assim, há um grande espaço para quem deseja aproveitar a oportunidade oferecida por uma das bebidas mais amadas do país.

O que é necessário para abrir uma cafeteria?

Porém, antes de entrar nesse mercado, é preciso ter em mente o que é necessário para que a cafeteria seja um sucesso. Nesse tipo de estabelecimento, a experiência é tudo, e por isso é fundamental investir em formas de criar um bom momento para os clientes.

Indo do popular ao gourmet, o café servido precisa ser de extrema qualidade para fazer jus ao seu nome. Além do sabor, também é importante se preocupar com o ambiente. Locais charmosos em localizações únicas fazem muito sentido, além de uma estrutura diferenciada de lanchonetes, por exemplo.

O atendimento, por sua vez, deve ser condizente com todo o ambiente de modo que a experiência seja consistente e unificada.

Qual é o papel da tecnologia no atendimento?

Ao mesmo tempo que cafeterias precisam de um ambiente único e diferenciado, elas também precisam buscar inovar no que oferecem para seus clientes. Somente assim se mantêm relevantes no mercado, atraindo novos consumidores e fidelizando os atuais.

Além disso, a oferta de novidades é necessária para vencer a concorrência, já que a tendência é que a competição nesse nicho seja cada vez maior.

Nesse sentido, a tecnologia é de grande auxílio para construir uma experiência melhor e um atendimento mais adequado.

Entre as possibilidades, estão:

1. Oferecer Wi-Fi gratuitamente

Aproveitando o espaço agradável associado à bebida favorita e aos lanches, muita gente gosta de ficar em cafeterias trabalhando remotamente ou mesmo se divertindo em seus celulares. Assim, um ponto a ser considerado é oferecer wi-fi gratuitamente.

Além de toda a experiência positiva, ao ter acesso gratuito à internet, os clientes vão se sentir mais satisfeitos e vão perceber maior valor agregado ao estabelecimento.

2. Ter atendimento digital e autoatendimento

Ninguém gosta de ter que ficar esperando para ser atendido, então, para agilizar as operações, é possível investir em opções relacionadas ao atendimento digital. Ao permitir que o cliente faça seu pedido pela internet, por exemplo, ele vai conseguir aproveitar o tempo de maneira mais adequada do que em uma fila.

Um dos recursos é justamente o autoatendimento, em que o consumidor pode fazer seu pedido, servir-se, se for o caso, e fazer o pagamento com a forma mais conveniente para si.

3. Contar com cardápios digitais

Outra forma de melhorar o atendimento é utilizando cardápios digitais. Além de reduzir os custos e aumentar a qualidade das imagens apresentadas, esta opção permite que o cliente interaja de maneira mais intensa com a cafeteria em si.

Associando esse tipo de cardápio a um sistema de atendimento digital, o pedido é feito de maneira mais fácil por estar a apenas alguns toques ou cliques de distância.

4. Criar um aplicativo

Outra ótima possibilidade é a criação de um aplicativo personalizado para a cafeteria. Além de apresentar o cardápio, nesse aplicativo, é possível estimular ações, promoções e também informar novidades sobre o local, como novos pratos e serviços.

Dependendo da construção do aplicativo, ele ainda pode servir para que sejam feitas reservas de locais especiais ou para datas importantes. Isso deixa a sua cafeteria na palma da mão do cliente, maximizando a conveniência.

5. Participar das redes sociais

As redes sociais são locais de preferência de boa parte do público que frequenta as cafeterias modernas. Por isso, para maximizar a qualidade do atendimento, vale a pena participar dessas redes.

Além de ajudar na construção de uma presença online, é uma forma de interagir com os clientes e entender o que eles mais valorizam, ajustando o atendimento. O ideal é ajustar a comunicação e a atuação nessas redes para a imagem do negócio, criando uma atuação de sucesso.

6. Ter um sistema automatizado de gestão

Uma gestão bem organizada permite que a cafeteria tenha recursos para fazer investimentos contínuos em melhorias diversas, inclusive de atendimento. Levando isso em conta, usar a tecnologia para a gestão também é uma forma, ainda que indireta, de favorecer o atendimento.

Portanto, vale a pena investir em um sistema automatizado de gestão. Ele vai centralizar as informações e também automatizar a coleta e análise de dados, o que facilita todo o processo da tomada de decisão.

Para uma cafeteria, isso é especialmente importante, porque favorece a competitividade do local, permitindo que a experiência para os clientes seja sempre destacável de uma forma positiva.

Em uma cafeteria, a oferta de uma experiência adequada é tão importante quanto o sabor e a qualidade do café. Para isso, é fundamental pensar na gestão de maneira estratégica, inclusive do ponto de vista da melhoria do atendimento. E a tecnologia pode ajudar desde a oferta de Wi-Fi gratuito até a automação da gestão de cafeteria integrada.

Agora que você entendeu como o uso da tecnologia pode melhorar a gestão de cafeteria, não perca a chance de fazer seu negócio decolar! Assine nossa newsletter e receba nossas atualizações gratuitamente em seu e-mail, basta preencher o formulário aqui embaixo!


Compartilhe:

Outros Artigos Relacionados

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.